•   
  •   
  •   
  •   
Segunda Liga

Segunda Liga
Segunda Liga
Primeira Liga
  • Manutenção selada

    7 de Maio de 2014 - Ana Ribeiro Rodrigues
    O Sporting da Covilhã regressou às vitórias após 17 jornadas sem ganhar e, na penúltima ronda do campeonato, assegurou a permanência na II Liga, ao bater por 1-0 o Leixões, que também assegurou a manutenção no segundo escalão do futebol nacional.
     
    Os serranos voltaram a vencer quase quatro meses depois, num encontro em que o resultado foi justo, face ao produzido pelas duas formações. Embora a jogar com pouca intensidade, os Leões da Serra foram sempre a equipa mais determinada, mas ficam a dever os três pontos em grande parte ao factor sorte, já que os leixonenses acertaram por duas vezes no poste. Valeram Joel e Gilberto para aliviar a bola no limite. Jorge Batista, o guarda-redes ex-Covilhã, foi outro obstáculo para o emblema orientado por Francisco Chaló. Quando chamado a intervir, cumpriu com eficácia e negou o golo a Adriano, Gilberto e Kizito.
     
    Numa primeira parte jogada a um ritmo lento, o Sporting da Covilhã foi a equipa mais dominadora. Ao minuto 21 Carlos Manuel, em posição privilegiada, optou por passar a bola, quando devia ter rematado, e permitiu o corte de João Viana. Janício também fez pontaria à baliza, mas Jorge Batista agarrou junto ao poste. À meia hora de jogo o guardião do Leixões travou o remate de longe, em arco, de Adriano.
     
    A resposta leixonense chegou já perto do intervalo, quando João Novais, de muito longe, tentou surpreender Taborda. Já nos descontos os visitantes criaram a melhor ocasião de golo, por intermédio de Moreira, que da direita, com Taborda já batido, atirou em arco, a bola acertou no poste e quando se dirigia para dentro da baliza, junto ao segundo poste, Joel evitou o golo, aliviando o esférico de cabeça.
     
    No reatamento, o Covilhã podia ter inaugurado o marcador, mas Jorge Batista negou o golo a Gilberto, depois do médio ter ganhado a bola no meio campo, ter progredido no terreno, tabelado com Gui e tentado o golo. Na outra baliza Moreira ainda atirou às malhas laterais, só que foram os serranos a voltar a criar perigo.
     
    Na pequena área Kizito, assistido por Báta, que por duas vezes antes não teve o engenho necessário para cruzar, ameaçou de cabeça as redes de Jorge Batista, que desviou por cima da barra.
     
    Os Leões da Serra chegaram ao golo ao minuto 72, de bola parada. Num livre apontado por Carlos Manuel, na esquerda, o capitão Edgar tentou o cabeceamento no coração da área, onde também se encontrava Janício, mas a bola acabou por bater nas costas do defesa João Pedro e traiu o guardião nortenho.
     
     
     
    Pouco depois Zola, acabado de entrar, esteve à beira da igualdade. Na marcação de um canto o extremo mergulhou de cabeça na área e o remate levava selo de golo, mas Gilberto aliviou a bola em cima da linha limite e ainda embateu no poste.
  • Sp. Covilhã fecha época com empate nos Açores
    11 de Maio de 2014 - Filipe Sanches
    O Sp. Covilhã empatou este domingo, nos Açores, frente ao Santa Clara (1-1), na última jornada da Liga de Honra. Com este resultado, os serranos terminam a temporada no 16.º lugar.
     
    Ambos os golos surgiam na primeira parte. Primeiro para os insulares (Hugo Santos) e depois para os covilhanenses (marcou Carlos Manuel).
  • Serranos empatam nos Açores no fecho da II Liga
    14 de maio de 2014 - A Redação
    O Sporting da Covilhã fechou a participação na II Liga deste ano com um empate a uma bola no terreno do Santa Clara. O empate permitiu aos açorianos terminar o campeonato numa posição acima dos “leões da Serra”, que se classificaram em 16.º, ambos com 48 pontos.
     
    Os da casa chegaram ao golo cedo, à passagem do minuto 11. Através da marcação de um pontapé de canto, Hugo Santos desviou a bola para o fundo da baliza, ao segundo poste.
     
    O empate chegou ainda na primeira parte, aos 31 minutos, quando Carlos Manuel cobrou um livre direto e, com um pontapé forte, bateu o guardião Serginho.    
     
    Também de bola parada, Pedro Cervantes levou perigo à baliza serrana, com a bola a passar por cima da barra de Taborda.
     
    A etapa complementar ficou marcada pelo futebol jogado pelo Santa Clara, mais atacante do que o opositor. Depois de desperdiçar um lance de golo por JP, contou com mais uma oportunidade, desta feita ao minuto 79, quando um remate em arco saiu por cima da baliza.
     
    A cinco minutos do final, Pedro Cervantes endossou a bola a João Pedro que apenas conseguiu rematar à figura do guarda-redes Taborda.
     
    Com este resultado, ficam seladas as contas da II Liga, ganha pelo Moreirense. O FC Penafiel assegura o outro lugar que garante a subida de divisão, enquanto o Atlético é despromovido.
     
    Quanto ao Sporting da Covilhã, termina a época com 13 vitórias, nove empates e 20 derrotas. Na próxima época, volta a competir no segundo mais importante campeonato do futebol português.
  • Sp. Covilhã venceu em Gouveia
    29 de Maio de 2014 - A Redação
    O Desportivo de Gouveia promoveu no passado sábado, em parceria com a sua Comissão de Apoio, várias iniciativas para celebrar a conquista do campeonato e da Taça de Honra da Associação de Futebol da Guarda.
     
    O ponto alto foi um jogo amigável com o Sporting da Covilhã, que milita na IIª Liga, e antes do qual foram entregues as faixas de campeão distrital da Iª Divisão à formação gouveense. A equipa da Covilhã aproveitou a realização deste derradeiro jogo da época para ver em ação alguns possíveis reforços para a próxima temporada. Apesar de ser um jogo amigável, assistiram-se a alguns bons momentos de futebol protagonizados por jovens jogadores de ambas as equipas, que revelaram possuir qualidade. O único golo do encontro surgiu num cabeceamento de Tiago Martins, logo nos primeiros minutos da segunda parte.
© 2017 SC Covilhã, todos os direitos reservados Política de Privacidade | FAQ'S | Desenvolvido por Assec Sim!