•   
  •   
  •   
  •   
Segunda Liga

Segunda Liga
Segunda Liga
Primeira Liga
FORMAÇÃO NO FUTEBOL E A SUA TRANSIÇÃO PARA O ESCALÃO SÉNIOR
 
Ser treinador do futebol de formação é um papel que exige profundo saber, entendimento e compreensão de duas realidades bastantes especificas; primeira o próprio Futebol de Formação e segunda a personalidade dos jovens jogadores. Nesse sentido urge a necessidade de identificar as características de excelência que o Treinador de Formação deve possuir e dominar. Não podemos esquecer que a passagem para o futebol organizado na Formação se torna muitas vezes um entrave à evolução natural dos jovens, pois características como a espontaneidade, a independência e a criatividade não entram nos vocabulários de alguns treinadores que acabam por castrar o mais bonito que o Futebol tem; criatividade e talento. Após recrutados para plantéis seniores, os jogadores deparam-se então com a problemática das diferenças dos processos de treino e da competição. Se por um lado as concepções de jogo até podem não ser tão distantes, a aplicação das mesmas, por força da velocidade, da força, resistência, etc, são bastante diferentes.
 
Aqui salta à vista a problemática da redução espaço-tempo para pensar e decidir. Numa mesma concepção de jogo entre juniores e seniores, o tempo e o espaço são completamente diferentes. Este facto verifica-se tanto no processo defensivo como ofensivo, mas é sobretudo neste último que a diferença se acentua. A luta pela posse, o melhor preenchimento do espaço e a velocidade na ocupação do mesmo, condiciona de forma decisiva o desempenho dos jovens que durante anos de habituaram a outro tipo de situações de jogo. Não há soluções fáceis e sobretudo imediatas, no entanto para este processo resultar em êxito, há que ter paciência e sobretudo apoio das Direcções dos clubes.
 
Podem contar com a minha boa vontade e determinação para facilitar não só a inserção de jovens nos escalões seniores, como ajudar a muni-los com armas que lhes possibilitem sobressair quando o momento certo chegar.
 
Não me poderia despedir sem antes desejar um FELIZ NATAL a todas as gentes da região Beirã e em especial ao sócios e simpatizantes do SPORTING DA COVILHÃ
 
Filipe Gouveia – Treinador da equipa sénior
© 2017 SC Covilhã, todos os direitos reservados Política de Privacidade | FAQ'S | Desenvolvido por Assec Sim!